Balaio Do Kotscho - Balaio Do Kotscho

17 Apr 2019 06:00
Tags

Back to list of posts

<h1>Ag&ecirc;ncia De Marketing Marketing Digital Para Pequenas Empresas. Pequenas Organiza&ccedil;&atilde;o S&atilde;o capazes de Ser Grandes! Forma&ccedil;&atilde;o Interativa</h1>

<p>S&atilde;o Paulo - No escrit&oacute;rio da Movile, dona do iFood e Playkids, h&aacute; uma parede em que os funcion&aacute;rios podem escrever seus maiores sonhos de exist&ecirc;ncia. “Levar meu pai pra Europa”, “comprar uma moto” ou “fazer um curso de gastronomia” est&atilde;o entre os objetivos, alguns j&aacute; cumpridos. Uma das metas chama a aten&ccedil;&atilde;o: “abrir uma empresa”.</p>

<p>Poder&aacute; parecer irracional que um funcion&aacute;rio exponha o sonho de sair da companhia, por&eacute;m empreendedorismo &eacute; um dos valores incentivados na cultura da Movile. Mesmo que alguns colaboradores deixem o cargo para tocar o respectivo neg&oacute;cio, ela acredita que ter um senso empreendedor &eacute; fundamental pra fazer por&ccedil;&atilde;o da equipe. O intuito &eacute; incentivar a constitui&ccedil;&atilde;o de outras ideias, projetos e procedimentos a todo tempo. Continuar parada, pra organiza&ccedil;&atilde;o, seria tua morte em um recinto digital ainda mais competitivo. “O que d&aacute; certo hoje podes n&atilde;o doar direito amanh&atilde;”, reitera o diretor de novos neg&oacute;cios da Movile, Eduardo Henrique.</p>

[[image https://www.lutherwood.ca/assets/images/general/_contentXLarge/Social-Media-Logos.png&quot;/&gt;

<p>A Movile surgiu em 1998, como uma empresa de venda de ringtones pra smartphone e envio de SMS, chamada de Intraweb. Durante um bom tempo, se focou nos neg&oacute;cios que neste momento montava. Mais de 10 anos depois de tua funda&ccedil;&atilde;o, a companhia adotou o nome Movile e mudou seu ponto de mercado, para a inclus&atilde;o digital a partir de servi&ccedil;os m&oacute;veis.</p>

<p>No entanto, a constru&ccedil;&atilde;o de novos servi&ccedil;os ainda estava lenta. A primeira solu&ccedil;&atilde;o da organiza&ccedil;&atilde;o para mobilizar a inova&ccedil;&atilde;o foi a forma&ccedil;&atilde;o de um departamento pr&oacute;prio. A ideia foi um fracasso. “Com uma equipe fechada de inova&ccedil;&atilde;o, t&iacute;nhamos conflitos de gest&atilde;o, pelo motivo de essa equipe seguia metas diferentes do resto da empresa”, diz o diretor. Sempre que uma equipe precisava queimar dinheiro no desenvolvimento de recentes solu&ccedil;&otilde;es, a equipe financeira barrava este gasto, tendo como exemplo.</p>

<ul>

<li>18 Chuveiro port&aacute;til ecol&oacute;gico</li>

<li>(Nh&ocirc; Sorvetes/Divulga&ccedil;&atilde;o)</li>

<li>Onde procuram os conte&uacute;dos que consomem</li>

<li>tr&ecirc;s A Psicossomatiza&ccedil;&atilde;o das LER/DORT</li>

<li>5 - P&uacute;blicos</li>

</ul>

<p>Em 2011, teve os primeiros contatos com a cultura do Vale do Sil&iacute;cio, localidade nos EUA onde est&atilde;o as grandes corpora&ccedil;&otilde;es de tecnologia e, no ano seguinte, abriu um escrit&oacute;rio na regi&atilde;o. A corpora&ccedil;&atilde;o percebeu, assim, que sua vis&atilde;o estava longe do que era praticado pelos grandes players de tecnologia.</p>

<p>“Precis&aacute;vamos jogar o jogo dos times grandes”, fala Eduardo Henrique. As equipes teriam, a partir de dessa maneira, liberdade pra testar outras ideias. Al&eacute;m do mais, o modo de desenvolvimento foi descentralizado: ao inv&eacute;s de ter uma equipe separada pra fabrica&ccedil;&atilde;o de novos produtos, esse passou a ser o papel de todos.</p>

<p>Al&eacute;m de incentivar o desenvolvimento interno, a companhia assim como buscou novidades do lado de fora de tuas paredes. De 2012 a 2014, fez dez aquisi&ccedil;&otilde;es, com investimento de no m&iacute;nimo cinquenta e cinco milh&otilde;es de reais. Entre as organiza&ccedil;&otilde;es que passaram a fazer parcela da holding por esse tempo est&atilde;o iFood, Apontador e Rapiddo, de entregas.</p>

<p>Logo nos primeiros meses da nova cultura, os resultados foram desastrosos. A corpora&ccedil;&atilde;o gastava muito tempo e dinheiro em um produto novo, que deveria estar completo antes de ser lan&ccedil;ado no mercado. Aos poucos, aprendeu a operar como o Vale do Sil&iacute;cio e a lan&ccedil;ar produtos ainda inacabados no mercado, pra testar a ideia antes de investir pesado.</p>

<p>Esse item incompleto &eacute; conhecido como MVP: Minimum Viable Product, ou Artefato M&iacute;nimo Realiz&aacute;vel, em portugu&ecirc;s. Ao fim de quase um ano da mudan&ccedil;a de cultura, em dezembro de 2012, a companhia lan&ccedil;ou um novo aplicativo ainda com pouco tema ou sofistica&ccedil;&atilde;o, chamado Canal Desenho. O n&uacute;mero de acessos ao app explodiu, conta o diretor. Com somente tr&ecirc;s 1000 d&oacute;lares e tr&ecirc;s meses, muito rapidamente e barato do que era feito antes, lan&ccedil;aram uma nova vers&atilde;o do aplicativo, o Playkids. O Que &eacute; Tend&ecirc;ncia No Marketing Digital , a corpora&ccedil;&atilde;o investia cerca de trinta vezes mais pra montar alguma coisa novo. “Aprendemos a testar muito, errar veloz e ajustar o caminho”, admite Eduardo Henrique.</p>

<p>Hoje, o Playkids &eacute; um dos maiores produtos da companhia, presente em mais de 180 pa&iacute;ses e com cinco milh&otilde;es de usu&aacute;rios ativos. ARE YOUR DECISIONS TRULY OPTIMAL? produto ainda deu outros 2 saltos de avan&ccedil;o. O primeiro veio 3 anos depois da estreia do servi&ccedil;o, cujo crescimento estava estagnado. A empresa decidiu encaminhar-se al&eacute;m do assunto de entretenimento e passou a lan&ccedil;ar outras funcionalidades, como jogos educativos. Os lan&ccedil;amentos, hoje, s&atilde;o quase quinzenais. O segundo salto para o Playkids veio h&aacute; 2 anos, no momento em que comprou a Leiturinha, clube de assinatura de livros infantis. A valoriza&ccedil;&atilde;o do empreendedorismo come&ccedil;a do alto.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License